Adiantar incentivo a professores melhora notas de alunos

07/12/2012 12:00

 

Existem escolas que dão um bônus aos seus docentes no final do ano letivo, conforme o desempenho de seus alunos. Contudo, um estudo recente mostrou que dar este incentivo (com certas condições) antes de as aulas começarem traz resultados melhores.

A pesquisa foi feita na Escola Primária de Chicago Heights (EUA), no ano letivo de 2010/2011 (vale lembrar que o sistema de ano letivo dos Estados Unidos é diferente do nosso). Participaram do estudo 150 professores (de um total de 160), que foram divididos aleatoriamente em dois grupos: o de “ganho” (que receberia um bônus no final do ano letivo, conforme a performance da turma) e o de “perda” (que receberia um bônus no começo, mas poderia perder parte dele se a turma tivesse um mau desempenho). Dentro dos dois grupos, alguns professores trabalharam em dupla, como parte do estudo. O dinheiro foi fornecido por fontes privadas.

“Os resultados do nosso experimento são consistentes com mais de 30 anos de pesquisas psicológicas e econômicas sobre o poder da aversão à perda como motivador: estudantes cujos professores estavam no grupo de ‘perda’ demonstraram um ganho significativo em seus exames de matemática”, aponta o economista John List, da Universidade de Chicago. A melhora também foi percebida em relação a outras disciplinas.

Esforço para obter x receio de perder

Os professores do grupo de “ganho” receberam um bônus de U$ 4 mil (cerca de R$ 8 mil) no início do ano letivo, que eles poderiam manter contanto que o desempenho de seus alunos melhorasse – se não atingissem as expectativas, teriam de devolver parte do valor. Já os professores do outro grupo receberiam esse bônus no final do ano, também de acordo com o desempenho da turma.

Os alunos foram avaliados como o teste padronizado ThinkLink Predictive. Para fazer uma avaliação que consideravam mais justa, os pesquisadores levaram em conta o histórico escolar de cada aluno na hora de medir sua evolução, ao invés de simplesmente analisar suas notas nos testes.

Ao final do estudo, os alunos cujos professores receberiam o bônus no fim do ano letivo não apresentaram grande melhora, principalmente em comparação com os alunos do outro grupo – que, segundo os autores da pesquisa, demostraram uma evolução notável.

Fonte: http://hypescience.com/adiantar-incentivo-a-professores-melhora-notas-de-alunos/ – porGuilherme de Souza