Pesquisa lista as dez profissões que tiveram os maiores aumentos salariais em 2012

16/02/2013 08:56

 

Um estudo divulgado pela Page Personnel, empresa de recrutamento, aponta que algumas profissões tiveram aumentos salariais de até 90% entre 2011 e 2012. Das ocupações mais valorizadas pelo mercado, três têm remunerações médias acima de R$ 7 mil.

O levantamento se baseou em informes de rendimentos de 30 mil profissionais de 20 a 30 anos de São Paulo, do Rio de Janeiro e do interior de SP.

A consulta foi realizada em julho de 2012 e comparou os dados com as médias registradas no mesmo mês de 2011.

Entre as profissões pesquisadas, o maior aumento foi para os administradores de bancos de dados, de 90,3%. No ano passado, a remuneração média era de R$ 4,7 mil para o cargo de nível júnior (veja a lista abaixo).

O segundo lugar ficou com os projetistas civis: reajuste de 75,8%. O salário médio da ocupação de nível pleno em 2012 era de R$ 7,5 mil.

No ranking dos dez maiores avanços salariais também aparecem as seguintes profissões: técnico de edificações, analista fiscal tributário, analista contábil, analista de crédito, analista de comércio exterior, engenheiro ambiental e analista de produto.

Segundo a empresa que realizou a pesquisa, esses profissionais estão valorizados porque faltam especialistas nessas áreas.

A pesquisa ainda apontou que, dos dez maiores aumentos, oito estão em São Paulo e dois foram registrados no interior de SP.

Profissão Salário (média) Aumento
Administrador de banco de dados júnior R$ 4,7 mil 90,3%
Projetista civil pleno R$ 7,5 mil 75,8%
Técnico de edificações R$ 7,5 mil 72.9%
Analista fiscal tributário pleno R$ 5,5 mil 32.4%
Analista contábil júnior R$ 4,5 mil 24.9%
Analista de crédito júnior - bancos de investimento R$ 6,5 mil 24.9%
Analista de comércio exterior pleno R$ 4,7 mil 24.9%
Engenheiro ambiental sênior R$ 5,1 mil 22.4%
Analista de produtos pleno - varejo R$ 7,2 mil 14.9%
Analista de crédito sênior - seguradora R$ 6,5 mil 12.9%

Fonte: http://professorjosecosta.blogspot.com.br/