Hábito perigoso: adolescentes usam absorventes com vodka para ficar bêbado mais rápido

03/08/2013 09:51

<div class="clearfix" meta-info"="" style="margin: 0px; padding: 0px; border: 0px; outline: 0px; font-size: 11px; vertical-align: baseline; color: rgb(51, 51, 51); font-family: Arial, Verdana, sans-serif; line-height: 21px; text-align: right; font-style: oblique;">

Por  em 16.11.2011 as 11:33

 

A prática parece ser feita a algum tempo, mas muitos ainda pensam (ou esperam) que isso possa ser um mito urbano. Mas a polícia afirma que introduzir absorventes cheios de vodka em… lugares escuros é muito popular entre jovens. E não apenas entre as garotas.

Ou eu estou ficando velho, ou sou um bêbado amador, porque nunca ouvi falar nessa técnica. Com uma pesquisa online rápida, você descobre que a prática não é tão incomum, e é popular entre adolescentes ansiosos em ficar bêbados rápido sem que ninguém veja (as garrafas, claro). E apesar de parecer algo mais direcionado às garotas, os rapazes descobriram que também conseguem usá-los. É chamado, aparentemente, de “drinque de bunda”.

Espero que você já tenha passado do momento “o quê? onde vai isso?”, porque a coisa continua. Policiais registraram casos de adolescentes bêbados por culpa do método alternativo. Quando você bebe da maneira “conservadora”, os ácidos estomacais e outras barreiras naturais impedem que todo o álcool seja absorvido. Mas áreas mais vascularizadas, como a vagina ou o reto, absorvem o álcool direto para o sangue. Isso ajuda quem pretende ficar bêbado rápido e intensamente. Alguns até afirmam que o efeito dura mais.

Como é de se imaginar, a técnica do absorvente pode trazer sérios riscos de vida. Médicos dizem que o álcool pode causar irritações severas em áreas sensíveis. Mas, acredito, o maior medo é vodka direto no sangue, já que um coma alcoólico nesse caso não é tão difícil de acontecer. Bebendo da maneira normal, percebemos conforme vamos ficando alcoolizados. Mas como o a via de introdução nesse caso não é comum, o sistema de alarme corporal não funciona de forma igual.

Os jovens gostam da ideia de não vomitar. E muitos acreditam que isso ajuda a passar nos testes de bafômetro, o que é falso, já que o álcool na corrente saguínea acaba passando para o hálito. Mesmo que isso fosse verdadeiro, todos notam uma pessoa que está agindo estranho, e se não há cheiro de álcool, a suspeita pode ser de drogas.

No começo do ano, o jornal alemão The Local alertou que o hábito estava ficando na moda em algumas áreas. A prática se popularizou primeiro entre os americanos, passando depois para outros países europeus, onde é difícil conseguir beber se você é menor de idade. [OddityCentral]

Fonte:http://hypescience.com/habito-perigoso-adolescentes-usam-absorventes-com-vodka-para-ficar-bebado-mais-rapido/